Follow by Email

sábado, 1 de setembro de 2012

O Rio que clama, por um pouco de dignidade




Peço licença à  minha querida amiga Claudia para republicar integralmente seu excelente texto, crítico e contundente, sobre a saúde no Rio de Janeiro,que agoniza sob a vista da sociedade letárgica.


































Por Claudia Santos

O Rio de Janeiro continua lindo... Será?
Se você mora no Rio de Janeiro e por um acaso precisar do serviço de saúde do nosso querido estado, lamento informar que ele está de pernas quebradas e nada pode fazer por você.
Aquele Rio lindo, perfeito com inúmeras Upas, Clínicas da família, com atendimento de primeiro mundo que o nosso digníssimo prefeito Eduardo Paes insiste em mostrar na TV, é apenas propaganda pra gringo ver, só existe mesmo no mundo de conto de fadas em que ele vive.
A saúde do Rio de Janeiro está ABANDONADA!
Só mesmo quem precisa de atendimento conhece bem a dor que é ir a um hospital e se deparar com falta de médicos, superlotação, falta de leitos, filas imensas e uma estrutura que se iguala a um hospital de guerra, ou até pior.  
As Upas são apenas um quebra galho pra político dizer que fez algo. Não conseguem atender à demanda e a falta de médicos é constante.  
Não podemos culpar os profissionais de saúde que lá estão, pois tenha certeza que eles fazem de tudo, de tudo mesmo para tentar amenizar o sofrimento de quem lá está, mas nada podem fazer se o estado não dá a menor condição pra isso.
Quem precisa de um atendimento mais específico como angiologia, otorrino ou até mesmo nutricionista, acreditem, tem que entrar numa fila de espera que pode durar até um ano se tiver com sorte, ou mais, se estiver sem sorte.
Moro em Campo Grande na zona oeste do Rio, e já desisti de frequentar os postos de saúde da região, pois nada resolvem, e ainda inventaram essa tal de clínica da família que serve apenas para maquiar um problema que a meu ver só terá solução quando tivermos um governo que se importe realmente, que tenha responsabilidade e compromisso sério com a população e muita força de vontade.
A saúde do Rio agoniza, morre lentamente com o veneno da irresponsabilidade do descaso público, o povo clama por um Rio mais digno não apenas para a elite, mas para toda a população que paga imposto para receber de volta em forma de bom atendimento em hospitais, clínicas e postos de saúde, mas é tratado sem a menor dignidade.
A hora de mudar é agora, é nas urnas que devemos mostrar toda a nossa indignação, é lá que devemos dar a resposta a esse governo que aí está que nada faz e ainda fica mostrando na TV a fantasia do mundo surreal que ele pensa que o Rio é.
Eduardo Paes é o prefeito que governa pra elite, que não vê a zona oeste como parte do Rio, que enxerga o pobre como um voto.
Não vote nulo, pois de nada adianta, anular seu voto não vai mudar nada, vote consciente, com aquilo que você vê e vive, vote de acordo com o que a sua comunidade está precisando.
Não acredite em tudo o que a mídia mostra, e nem em pesquisas de opinião, o seu voto não é comprável a sua consciência não deve ser leiloada, pense nisso por um Rio melhor e mais digno.
Somos a mudança que o Rio precisa.

Deixo-vos esse vídeo, assistam e vejam que o Rio perfeito que o Eduardo Paes mostra não existe, é MENTIRA!


Os hospitais acima citados são o Rocha Faria, que pertence ao estado e D.Pedro II, que pertence à prefeitura, ambos situam-se na abandonada zona oeste do Rio.
(Claudia Santos). 









Nenhum comentário:

Postar um comentário