Follow by Email

quinta-feira, 29 de março de 2012

A EMISSORA QUE TODOS AMAMOS ODIAR...






Manipulaçao- GLOBO/RBS - Filho dono RBS(afiliada da emissora) estupra menina de 13 anos, mas noticia nao sai.

MOMENTOS HISTÓRICOS (OU CONSTRANGEDORES) DO SÉCULO XX



































   Campo de concentração - Alemanha 1945

PARA REFLETIR...































A MÍDIA PERVERSA BRASILEIRA




































TV COSA NOSTRA




































PRA FRENTE BRASIL




























ASSIM CAMINHA A HUMANIDADE



































                        Para aquele que não entende a sua própria insignificância...

PRA FRENTE BRASIL






























  Código florestal - ruralistas 1 x 0 ética

MOMENTOS CONSTRANGEDORES DO SÉCULO XX


































  A "rainha" dos baixinhos...

PARA REFLETIR...




























TV COSA NOSTRA




































ASSIM CAMINHA A HUMANIDADE...




























terça-feira, 27 de março de 2012

PARA REFLETIR...




























PRA FRENTE BRASIL


























GUERRA DOS MUNDOS




Campanha contra o holocausto sofrido pelo povo palestino há décadas,onde nem a ONU e nem os EUA parecem se importar.

Afinal,a Palestina não produz petróleo e nem outro produto que possa ser roubado,em troca de suas vidas.






MOMENTOS HISTÓRICOS DO SÉCULO XX


























Os sobreviventes do desastre aéreo comemoram a chegada das equipes de socorro após 72 dias perdidos na Cordilheira do Andes. Chile, 1972.

MEU BRASIL BRASILEIRO




























CLÁSSICOS S. A. (B.B. Kng)





B.B. King-The Thrill is Gone

 

PLANETA BOLA



       Primeiro tempo-Proibir  Mancha Alviverde e Gaviões da Fiel de entrarem nos estádios,após a batalha campal em que se tornou o confronto entre as mesmas,sendo que o confronto foi à 13 kms de distância,parece chacota.Sem contar que ,além de não ser uma punição rigorosa,os meliantes podem entrar sem a camisa da agremiação e se juntar ao resto do bando ,durante o jogo.E ainda tem gente que se atreve a contar piada de português.

      Segundo tempo-Na Grécia,mesmo com a gravíssima crise econômica pela qual passa o nação,o futebol ainda tem espaço.Num recente confronto entre os maiores times do país,o Panathinaikos e o Olimpiakos,houve mobilização de torcedores,fazendo com o estádio estivesse cheio,as lojas oficiais dos clubes vendessem como nunca e com depoimentos inflamados dos torcedores da duas agremiações;inclusive assumindo que mesmo não tendo muito dinheiro e de a crise ser séria,pelo futebol valia a pena.E ao final do jogo,confusão e confronto com  a polícia e muita gente ferida.Isso me lembra uma republiqueta sul-americana,cujo os torcedores agem de forma animalesca,dando vazão aos seus instintos mais primitivos.Fair play,que é bom,nada.

      Prorrogação-O futebol tupiniquim tem revelado alguns jogadores interessantes nos últimos anos(Neymar e Lucas,por exemplo),mas é pouco,comparando com outros tempos.A organização inexiste e os clubes ainda tem muito medo de tomar decisões por eles mesmos.Mas no que tange aos treinadores,nunca houve uma escassez tão grande.Não que os bons e vitoriosos tenham se aposentado de uma hora pra outra.Mas,aparentemente seus talentos,sim.E o que é pior:com salários astronômicos.Se já existe vários jogadores estrangeiros por aqui,inclusive fazendo sucesso,seria de muito bom tom que houvesse a possibilidade de treinadores de países europeus viessem dirigir alguns clubes.Senão,de nada adiantará ganhar a tão sonhada Libertadores da América e chegar ao Mundial Interclubes e ser novamente humilhado por um Barcelona da vida.E o mais irônico,jogando como nos bons tempos do futebol brasileiro:dando espetáculo.

     Nos penaltis-Quando mais se espera uma ação corajosa por parte dos dirigentes dos clubes,após a queda de Ricardo Teixeira.para compor uma liga e tornar o produto chamado futebol ainda mais rentável,eles se acovardam e evitam a rebelião;afinal,teriam que confrontar uma certa emissora de televisão para tentar obter mais lucro com as transmissões.Claramente melhorou após a intervenção do Cade,o Conselho Administrativo de Defesa Econômica,que se mostrava contra a forma de renovação compulsória do contrato.Mas muito aquém do que os clubes poderiam pleitear.A mesma covardia acometeu as federações que,por sua vez poderiam escolher alguém que pudesse unir as facções rivais em torno de um objetivo único:tirar Jose Maria Marín do poder e escolher alguém que não fosse ligado a Ricardo Teixeira,nem remotamente.Em ambos os casos,além do medo que lhes é peculiar,também a costumeira visão estreita pesou.Dirigentes de clubes perdem tanto tempo brigando entre si,que esquecem que unidos tem um poder muito grande para fazer valer seus direitos.E com as federações estaduais também.Brigam para valorizar seus feudos particulares e cacifar poder político,em detrimento do bem do futebol.Por isso podemos dizer que a saída de Ricardo Teixeira foi um bem.Ou apenas mais do mesmo.



segunda-feira, 26 de março de 2012

MOMENTO DR. HOUSE





















  Veiculado no blog de Ricardo Feltrin,no Uol:Desde 1993 a Globo já perdeu pelo menos 35% de participação nas TVs ligadas na Grande São Paulo. Ou 35 em cada 100 aparelhos, que foram sintonizar outra coisa.A Globo respondeu, por meio da CGCom, e discordou dos dados acima.Se até o instituto oficial chapa branca,o Ibope,diz que uma certa emissora de tv vem em uma decrescente vertiginosa,então a empáfia e a soberba da outrora líder absoluta de audiência,torna a derrocada mais engraçada.Parece um lord inglês que,mesmo após perder sua fortuna e prestígio,insiste em usar sua cartola e ser chamado de sir.

PARA REFLETIR...






















CLÁSSICOS S. A. (Robert Johnson)



































Um dos maiores nomes do Blues (se não o maior),em todos os tempos

MOMENTOS HISTÓRICOS (OU CONSTRANGEDORES)DO SÉCULO XX



Policial à procura de um ladrão coloca uma arma na boca de um menino de rua de 11 anos. São Paulo, 1990.


MEU BRASIL BRASILEIRO






























PRA FRENTE BRASIL


  Desde o começo dos anos 80 tornou-se comum que um sindicalista parasse de trabalhar para "dedicar-se" a sua categoria.Mas também se tornou usual que o mesmo sindicalista se aproveitasse da fama repentina e tentasse a sorte no 'maravilhosos mundo da política basileira'.Isso não mudou,principalmente quandos os dirigentes perceberam a chance de uma vida melhor,menos trabalhosa(desculpem o eufemismo)e garantissem o seu futuro.

Ainda existe o pelego,que na definição da FGV-cpdoc é um termo utilizado para designar o dirigente sindical que defende as orientações do Ministério do Trabalho entre a classe trabalhadora, cumprindo assim o papel de intermediário entre os sindicatos e o governo.Isto posto podemos analisar os "benefícios" advindos dos nobres sindicalistas/políticos e suas idiossincrasias no que tange a lutar pelos direitos dos trabalhadores ainda que estejam lutando pelos próprios interesses.Muitos usuam a máquina sindical como plataforma política e os trabalhadores pouco (ou nada) podem fazer em contrário,para deter o avanço do sindicato no seu contracheque,no malfadado imposto sindical.

Já no que diz respeito a contribuição assistencial,há uma vacina:basta que empregado leve uma carta de próprio punho ao sindicato ao qual esteja vinculado(sem sua autorização prévia,como de costume) e apresente a mesma para receber o carimbo do próprio sindicato(que fica com uma via),levando a carta ao departamento pessoal de sua empresa.Dito isto,gostaria de comentar a coluna publicada em um jornal de Sorocaba,pelo presidente da Associação dos Servidores da Previdência Social(ANASPS),Paulo César Régis de Souza,que comentava que a carga horária dos servidores de 30 horas semanais(!!)ainda era insuficiente para ser comemorada(!!!),já que os servidores tem registro de frequência(o ponto eletrônico)e vários 'trabalhadores' do INSS ainda tem a odiosa carga horária de 40 horas semanais,e isso é intolerável.

A você que lê este blog,lhe pergunto:conheces alguém que trabalhe APENAS 30 horas semanais e ainda  considere insuficiente,e que não concorde com o fato de ter sua jornada controlada pelo ponto eletrônico,como TODOS os trabalhadores convencionais?Bom,eu não conheço.Os que eu conheço estão sendo explorados pelos "grandes empresários" brasileiros,que os obriga a trabalhar até 12 dias sem folga(ah,se eu pudesse dizer o nome do grupo,cujo presidente é notícia frequente nos jornais,devido a constantes fusões e/ou aquisições para o conglomerado que dirige...)ou até aqueles cujo horário de trabalho termina,e mesmo assim o pobre trabalhador(ou deveria dizer escravo?) tem que 'bater' seu cartão, como se estivesse finalizando sua jornada,mas é obrigado a voltar para a área de trabalho,sem ganhar nada a mais por essa exploração extra(de novo;se eu pudesse falar...).

Na verdade,o Brasil é um país onde os iguais são tratados de forma desigual.Nem vou entrar na polêmica das disparidades das aposentadorias envolvendo os trabalhadores do setor privado e os do setor público,porque também é uma temeridade que alguns tenham aposentadoria proporcional e outros a tenham de forma integral.Só isso já seria suficiente para se indignar.Mas certos servidores,como os do INSS,não são bem vistos pela população devido ao péssimo atendimento,as filas absurdas(e aí também entra a culpa do Ministério da Previdência e sua morosidade e incompetência em resolver o problema)e os constantes atritos entre os aposentados e pensionistas,além dos necessitam do instituto,por razões trabalhistas,com os médicos "peritos",quase sempre pré-dispostos a negar algum afastamento ou licença que implique ao trabalhador ficar longamente afastado,às custas do governo.É como se houvesse uma recomendação de um poder superior os guiando a uma negativa constante.

Sem contar as constantes greves dos mesmos servidores,usando a população indefesa e altamente necessitada(sim,pois é um serviço de primeira necessidade)como escudo,em uma negociação com o governo.Quase com a 'faca no pescoço' das pessoas.E com tudo isso,ler que os servidores ainda não estão contentes em ter uma jornada de 30 horas e controle eletrônico das horas trabalhadas,chega a ser risível.Talvez por isso o Brasil seja o país em que as pessoas mais tentam ingressar no funcionalismo público.Se não se pode combatê-lo,tente de tudo para se juntar a ele.




MOMENTOS HISTÓRICOS DO SÉCULO XX
























  protesto pela paz,em 1962 em londres durante a crise dos misseis

CLÁSSICOS S. A. (Kiss)





































PRA FRENTE BRASIL


























MEU BRASIL BRASILEIRO





























domingo, 25 de março de 2012

PARA REFLETIR...



























MORAL EM CONCORADATA





















‘Compromisso com Israel é sacrossanto’ | Carta Capital

‘Compromisso com Israel é sacrossanto’ | Carta Capital

PARA REFLETIR...





























PRA FRENTE BRASIL































RELIGIÃO $. A.



























MOMENTOS HISTÓRICOS DO SÉCULO XX




































Uma das precursoras do feminismo,a escritora e filósofa Simone de Beauvoir na foto de Art Shay - 1952.
Numa época em posar nua era uma forma de protesto;e não a única forma de sobrevivência financeira de algumas mulheres sem talento.

CLÁSSICOS S. A. (Pink Floyd)





































sexta-feira, 23 de março de 2012

UM MINUTO DE SILÊNCIO...


PARA :

* O maior humorista brasileiro

* O precursor do 'stand up comedy'

* O maior criador de personagens da história do humor (muito mais de 200)

* O compositor,escritor,ator que ia da parceria com grandes nomes como Elis Regina,à filmes com Oscarito

* O gênio absoluto(flertou com a literatura,o cinema,o teatro,a comédia,a novela,a música)

* O cara...












                                                                      
                        
                                    
                                     

                               



                                                                        
                                         
                                             
                                           
                                                    
                                     

                                   
                                          
                                            


         A maioria dos veículos de imprensa publicou : morre Chico Anysio.Mas poderíamos dizer:Chico,o imortal.



  Longa vida à Chico...