Follow by Email

domingo, 11 de novembro de 2012

GAROTA DE 15 ANOS SE SUICIDA POR SOFRER BULLYING APÓS TER SE MOSTRADO NA WEBCAM





Amanda Todd foi encontrada morta em sua casa um mês depois de postar um vídeo no Youtube em que contava sua história e pedia ajuda.





A garota de 15 anos postou um vídeo no Youtube em que descrevia anos de
 bullying  e ciberbullying que a levaram a consumir álcool e drogas. No vídeo de nove minutos, ela conta sua história com uma série de notas escritas à mão. A ex-líder de torcida disse ter sido convencida por um estranho a mostrar seus seios em um bate-papo online no Facebook. Amanda conta no vídeo que cometeu esse grande erro quando tinha 12 anos e estava na sétima série. “Eu gostava de conhecer novas pessoas nos chats. Certa vez, um estranho me pediu para ligar a webcam e mostrar meus seios”, relata a jovem.


Um ano depois do acontecido, um homem anônimo entrou em contato com ela pelo Facebook com ameaças de publicar a foto caso ela não concordasse em se exibir novamente.
Como Amanda não se rendeu, ele executou a ameaça: divulgou a imagem para todos os seus amigos. Não satisfeito, algum tempo depois criou uma conta no Facebook, onde a foto do perfil era a foto de seus seios. “Chorei várias noites seguidas, perdi meus amigos e o respeito de todos”. Foi nessa época que ela começou a se cortar.

Todd relata ainda que tentou se envenenar bebendo água sanitária e pela ingestão remédios, pois sua tortura continuou no Facebook. Procurou várias formas de apoio, mas nunca conseguiu esquecer e nem superar a vergonha. E assim o corte dos pulsos se lhe apresentou como a solução mais rápida para dar fim à sua vida.

O caso gerou uma forte comoção entre os internautas de todo o mundo, que descarregaram na Internet palavras de condolências. Tanto no Twitter ou em inúmeras páginas criadas no Facebook as pessoa não param de lhe render tributo. No Youtube, uma enxurrada de vídeos responde ao que Amanda publicou.









O grupo ciberativista Anonymous confirma ter rastreado o homem que 
praticou ciberbullying contra Amanda Todd. Segundo o coletivo, o criminoso é um sujeito de 30 anos, que mora em New Westminster, na província canadense de British Columbia. Mas segundo a polícia canadense, o suspeito alega que era amigo de Amanda e indicou um morador de Nova York como o responsável pelo crime.

“Geralmente não gostamos de lidar com a polícia, mas fomos obrigados a colocar nossas habilidades em prática para proteger as crianças. Ironicamente, temos algumas boas pessoas em Vancouver, que chamaram a atenção de nosso admin para o caso. É uma história muito triste que afeta a todos nós”, diz uma mensagem enviada pelo grupo à uma emissora de TV canadense.

Confira o vídeo onde a adolescente desabafa um mês antes de cometer suicídio:







 Abaixo,mais um exemplo do que o bullying é capaz de fazer com um jovem :


Bilhete de suicídio de jovem gay que sofria bullying é publicado em jornal








6 comentários:

  1. Meu Deus a que ponto chega o ser humano,pressionar a garota a ponto de ela se suicidar!!
    lamentável,tão jovem e caiu nas armadilhas da internet!!
    Abração!

    ResponderExcluir
  2. Verdade Mauro. A que ponto chegamos... Por isso os pais deveriam acompanhar mais de perto o que seus filhos fazem na internet. Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Mas que coisa mais triste! Acho incrível esses 'amigos' terem virado as costas quando ela precisou também. E porque tante gente contra o Anonymous? Eles só fazem coisa boa e ainda entregaram uns 100 pedófilos para a polícia, prontinhos para a prisão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade,a história é muito triste,mas infelizmente não é um caso isolado. Já li a respeito e percebi outros dois casos similares,na mesma situação. Para isso ,os adolescentes precisam,e muito,do amparo dos pais e amigos em momentos assim. Um abraço

      Excluir
  4. O que é mesmo necessário , é a mudança de tratamento que se dispensa aos jovens. A educação com valores e respeito é o melhor meio para estancar essa hemorragia que se passa pela mente de pessoas que estão apenas iniciando sua existência. Saber diferenciar necessidade de vontade, amigos de conhecidos, sinceridade de interesse, amor de desejo sexual. Ter um relacionamento com filhos sem limites, com liberdade de expressão para todos com o intuito de que não se deixe que pessoas má intencionadas sejam mais importantes que o convívio familiar. Não sejamos nós juízes de nossos amigos, filhos, parentes, mas sim pessoas que tem senso de individualidade e direito de escolha com responsabilidades por isso. Uma lástima para esses jovens que não tem no íntimo da família respostas e aconchego para suas ansiedades, carinho para suas incertezas, e diálogo para seus medos. É o que penso.

    ResponderExcluir
  5. A internet é um mundo inteiro em apenas um clique... Mas há quem não saiba usar essa ferramenta para o bem ,muitas pessoas usam para fazer o mal ao próximo , igual esse homem que acabou com a vida dessa menina, como não bastasse o terror psicológico , ele postou votos íntimas dessa menina , sei que há quem irá questionar a atitude dela de ter se mostrado na internet ,mas entra aquela questão da importância dos pais em zelar pela segurança de seus filhos , mesmo sendo chamados de chatos, cafonas , é muito importante saber o que se anda fazendo na frente da telinha. Muito triste saber que uma menina tão nova e bonita , podendo ter uma vida de sucesso se encerrou por um maníaco.

    ResponderExcluir