Follow by Email

domingo, 11 de novembro de 2012

Garota Afegã Morre após ser Abusada Sexualmente por soldados americanos




   Estranho como um país tem um poder tão grande (de vida ou morte) e sequer é interpelado judicialmente nos tribunais internacionais ou no Conselho de Segurança da ONU. Triste realidade que faz com que um país possa posar de vítima quando lhe convém (como no caso do embaixador americano morto na Líbia) e de algoz ao invadir países,manter essa ocupação por muitos anos e ainda justificar as atrocidades de guerra como "guerra ao terror". Vozes dissonantes? Como sempre não há.

  No caso do estupro,a garota foi levada, após ser abordada em uma ronda de rotina (eles fazem isso em países mundo afora) e a levaram para uma base militar (eles mantém várias pelo mundo afora). Após ser detida, foi violentada inúmeras vezes,vindo a falecer devido às feridas decorrentes dos abusos.


























   Como de costume,o exército americano não confirma (também não nega) o ocorrido. Mas há várias reportagens mundo afora que relatam a violência.  LINK ORIGINAL AQUI

  Estima-se que desde 2001 quase 40.000 civis afegãos tenham sido vítimas das ações da gestapo americana. As forças armadas dos EUA já perderam quase 2000 soldados. E mesmo depois de toda essa carnificina mundo afora (em países de direito,que não são  ilegais aos olhos da ONU ou dos órgãos internacionais), eles não aprendem. Como consolo (se é que há algum nessa comédia de horrores) é saber que todo império ruiu. Como o declínio americano já é evidente,resta esperar que essa decadência venha logo e dê à humanidade um pouco de paz,porque de guerra e terror o planeta já está saturado.







Nenhum comentário:

Postar um comentário