Follow by Email

terça-feira, 27 de novembro de 2012

O Hip- Hop e a Hipocrisia Humana







    Há um certo nível de hipocrisia que assola parte da nossa sociedade, que faria um bem danado a todos nós se fosse extirpada de vez.

    No programa "Se ela dança eu danço" do SBT, jurados pagos para usar de antipatia total com os participantes (ou são assim,em tempo integral) desqualificam um jovem da periferia, que quer dançar o famoso "A Morte do Cisne", numa versão HIP-HOP. Para incredulidade do trio de 'juízes', que logo de cara já desancam o rapaz,pela sua postura, por suas vestimentas e,óbvio, pelo fato de ousar reeditar um clássico da dança.

   Felizmente,as coisas  nem sempre seguem os ditames da elite conservadora,que cheira a mofo.

    Vale conferir.



2 comentários:

  1. Olá Marcelo
    Eu tinha visto esse vídeo na tv e fiquei estupefacto com a arrogância e total desdém com que a russa e seu sangue "gelado" tratou o rapaz, e mesmo vendo o espetáculo, ela já ia criticar quando viu seu pares emocionados, e mudou de idéia, surpresa com os dois as lágrimas. Incrível como uma mulher pode ser tão insensível..Ela tem que rever seus conceitos, pois vestir roupas de griffe e sapatos de couro de jacaré não a fazem melhor que ninguém, cometeu a insensatez de julgar o rapaz pela sua roupa em vez do conteúdo apresentado
    Na realidade o que o rapaz fez foi quebrar o enorme gelo de frieza e de soberba que imperava nos jurados, senhores de si até aquele momento., Principalmente depois de perceberem que o rapaz era humilde, honesto e aparentando ser pobre da periferia, estavam convencidos pela sua prepotência que jamais seria capaz de interpretar uma obra de tamanha magnitude. Porém sua enorme capacidade quebrou a arrogância e todo o gelo com um poder tamanho que serviu de lição, uma lição que jamais eles vão esquecer
    abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Marcos, a originalidade do rapaz fez com que os jurados mudassem suas visões (preconceituosas) sobre o participante. Tecnicamente, ele deu um tapa com luvas de pelica. Um abraço

      Excluir