Follow by Email

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

E ESSE É O PAÍS DA COPA??






Do Yahoo :
“Vinte e três integrantes da torcida organizada Young Flu foram presos depois de agredir e roubar dois torcedores do Vasco, na tarde do último sábado, numa estação de trem na zona norte. A polícia havia sido alertada pela concessionária Supervia da presença do grupo - 21 foram transferidos para uma unidade do Complexo Penitenciário de Bangu, depois de prestarem depoimento. Dois agressores eram adolescentes e foram encaminhados para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).



Da ESPN :
“Torcedores de Cruzeiro e Atlético se enfrentaram no bairro Alípio de Melo. Houve até tiro e um atleticano foi preso por causa do disparo. "Cerca de 50 torcedores da Máfia Azul chegaram ao local para receber os ingressos e foram surpreendidos por quatro motoqueiros, identificados como torcedores do Atlético. Um deles efetuou um disparo, mas a Polícia Militar (...) fez a prisão deste motoqueiro", disse o Tenente Coronel Alberto Luiz, segundo a agência Lancepress.

Também houve briga entre torcidas organizadas do Cruzeiro. Não é algo inédito. A confusão aconteceu no metrô em Belo Horizonte e 18 elementos foram detidos, relata o portal G1. Evidentemente a PM poderia, e deveria, se preparar e mandar para o xilindró quem armasse qualquer tipo de tumulto nas imediações do estádio, independentemente de quais fossem as cores das camisa dos brigões. 

No estádio, pedras, garrafas e copos foram atirados no ônibus que transportava os jogadores do Galo quando o veículo chegava ao Independência. O site Superesportes relata que "torcedores, inclusive mulheres e crianças, ficaram cercados e sem espaço para recuar quando a PM começou a agir de forma truculenta, com bombas de efeito moral e gás de pimenta. Por sua vez, os cruzeirenses responderam com lançamento de latas e garrafas". Alguns saíram feridos.”




No Rio Grande do Sul, jogo entre Grêmio e Internacional, torcedores tiveram que entra no estádio por entradas divididas por tapumes, como gado. Segundo Sportv.






Esse é o retrato do país que realizará a Copa de 2014. Não se faz absoltamente nada para erradicar as facções criminosas travestidas de torcidas organizadas,não combatem suas ações dentro e fora de campo,nem se preocupam com as vítimas pelo caminho.Fico me perguntando se,durante a Copa de 2014,um hipotético jogo entre Brasil e Argentina,se a seleção brasileira perder e for eliminada pelos hermanos,qual seria a reação dos fanáticos por futebol...Com certeza,acabaria em tragédia.Ainda mais fomentada pela mídia perversa,que sempre sataniza adversários da seleção como inimigos mortais.Será uma vergonha mundial sermos expostos como um país em que a impunidade é tolerada pelas autoridades incompetentes(muitas vezes coniventes).



Por razões como estas que realizar um evento do porte de uma Copa do Mundo não poderia acontecer aqui,antes de ser solucionado boa parte das agruras da Nação.



Leia também:

UM IDIOTA CHAMADO TORCEDOR




Futebol deveria ser encarado como hobby,e não como é visto pela maioria dos fanáticos: religião.A começar pelo próprio perfil do torcedor médio brasileiro :são aqueles que tem problemas emocionais, mal resolvidos,frustrados em suas profissões –quando as tem-  reprimidos sexualmente e com doses maciças de violência incontida.Muitos vem de lares desagregados e acabam encontrando uma identificação em organizações voltadas para o crime(tá bom,”torcidas uniformizadas”).É muito comum que integrantes vejam nestes grupelhos uma versão deturpada de um núcleo familiar.Por isso percebemos tantos desmandos por parte destes aspirantes a integrantes do PCC ou Comando Vermelho.Além da sensação de impunidade por poderem fazer de tudo contra as pessoas e patrimônio,sem que haja punições rígidas,também conseguem se sentir fortes(quando estão em grupo,é claro).



Na ânsia descabida de políticos,cartolas e grandes empresários de realizar algo onde se pode torrar o dinheiro da Viúva a torto e a direito, sem passar pelo crivo sequer do TCU,o bom senso e a lógica mais uma vez perdem. Não haveria razão para se realizar um evento deste porte por aqui,até que se prove que há condições adequadas para isso. Mas ao invés de batalhar pela mudança da estrutura do país,que a cultura do brasileiro fosse de respeito ao próximo e suas escolhas(afinal,que liberdade é essa onde um torcedor não pode usar a camisa de seu time do coração,sem ser vítima de ataques de torcedores adversários.Quando muito pode-se acusar a pessoa de ferir o bom gosto por desfilar com algo ridículo;ainda sim,um direito da cidadão),preferem atropelar a razão. Copa do Mundo  no Brasil já é um fracasso,no campo da ética,com os bilhões sendo desviados da saúde e educação para financiar estádios que,em sua grande maioria serão elefantes brancos.Faremos feio também no que tange a impunidade.Mostraremos que aqui tudo pode,que a “República das Bananas continua onde sempre esteve : entre os países que não se pode levar a serio.



Nenhum comentário:

Postar um comentário