Follow by Email

quinta-feira, 19 de julho de 2012

O DIA EM QUE COMECEI A "DESGOSTAR" DE LULA





   O ser humano padece,de tempos em tempos,de surtos de ingenuidade crônica. Alguns se recuperam; outros, infelizmente seguem nessa toada por muito tempo. Eu consegui superar minha dose de inocência política, há tempos.





   Lembro que o ano era o conturbado 1989, quando tivemos nossa eleição livre para presidente,depois de tanto tempo(e quando nossa querida imprensa botou as asinhas de fora).Eu queria que Ulysses Guimarães chegasse ao segundo turno,por seu histórico de lutas pela democracia,mas acabaram chegando Collor e Lula. A mídia escolheu seu candidato,junto com setores conservadores(que cheiram a mofo) da nossa sociedade. Achei errado aquele estado de coisas,que se repetiu em 1994,quando eu já torcia (e votava)para Luis Inácio .Em 1998,o jogo parecia menos sujo ,e eu ainda torcendo para que Lula fosse presidente,por considerá-lo a “única opção viável” para se fazer justiça social no Brasi l(olha aí a ingenuidade de que eu estava falando). Afinal,durante a administração tucana ocorreram inúmeros escândalos de corrupção,gravíssimos até,que superaram de longe os descalabros  de Collor e sua corja,  então era natural achar que quem não estava no poder poderia fazer diferente.



   Em 2002 enfim,o ex metalúrgico conseguiu realizar seu sonho (e quando o pesadelo para a Nação começou).Os acordos de bastidores com o PSDB(que aprovou um pacote que dava mais recursos ao novo presidente que,em  contra partida ajudaria a aprovar um medida que preservava ex presidentes,dando a eles o foro privilegiado (FHC estava na mira da Procuradoria havia tempo).Começava aí o “mais do mesmo” e,conseguinte,o desencanto.Medidas populistas, alianças com adversários de outrora em nome da ‘governabilidade’(Sarney,Renan,a bancada da Igreja Universal,Roberto Jeferson,etc) os equívocos na condução do país,a cartilha do antecessor seguida passo a passo(que mudança é essa?) já davam indícios de que as coisas não iriam acabar bem.




   E em 2005 o escândalo do mensalão  veio à tona,seguido pelo esquema do Valerioduto.O PT e seus aliados conseguiram protagonizar O MAIOR  caso de corrupção ativa deste país,que superava os seus antecessores juntos.Somado ao esquema descoberto pela Polícia Federal,a máfia dos Sanguessugas,o caixa-dois(assumido pelo próprio presidente em uma entrevista na França) e os desvios de recursos em obras federais, Brasil afora, mostravam aos brasileiros cores até então desconhecidas:o vermelho estava ficando marrom.

Frases como a de Tarso Genro “Temos que refundar este partido” davam o tom  grave da coisa.Petistas históricos saindo pela porta da frente,por não querer fazer parte do esquema, e aqueles que foram expulsos,pois não queriam obedecer as votações de cabresto (daí o surgimento do PSOL,com remanescentes do partido dos trabalhadores).


 
   Estranho como muitos fazem de conta que está tudo bem,que Lula é perseguido por ser “do povo”,pela pouca escolaridade. Bom,conheço muitos “do povo” que nunca perverteram seus ideiais,nem se deixaram corromper ou deslumbrar pelo poder. Quanto a pouca escolaridade,bom,tempo e dinheiro ele tem. Não evoluiu porque não quis,pois optou pela ‘vitimização’, por querer forçar a identificação com a população de baixa renda.Desde que descobriu o caminho fácil do ‘não trabalhar’ (leia-se,ser um sindicalista), Lula buscou o artifício da lei de Gérson (levar vantagem em tudo,certo?)e se deu bem, já que não trabalha oficialmente desde 1978 –ser  presidente,claramente não conta,pois ele não o foi).E amealhou uma fortuna considerável e um patrimônio de fazer inveja a muito político de carreira.



   Ainda assim,chafurdando em escândalos,com duas administrações marcadas mais pela incompetência,do que pela justiça social,Luís Inácio da Silva continua popular entre os menos esclarecidos(perdoem o eufemismo...),entre os incautos,entre aqueles que acham que podem lucrar algo com sua pretensa popularidade  ou entre aqueles que não reconhecem que ele fez parte de algo tão infame quanto o mensalão (é, muitos ainda pensam assim...).

Como incutir nas mentes tacanhas espalhadas por este país,que o tem como o “pai dos pobres”,que tudo o que ele representava ou prometia se perdeu nos meandros do poder, simplesmente pela sede de MAIS poder (O TAL PROJETO DE PODER DO PT)?

Como mostrar a verdade a estas pessoas que vivem na mais absoluta ignorância, mantidas com o Bolsa-esmola, ops,o Bolsa-Família, plagiado do antigo governo e usado como moeda de troca nas eleições?Programa este que acabou gerando um fenômeno curioso : trocou-se o coronelismo local pelo coronelismo federal.Se antes havia ACM, Inocêncio de Oliveira,Ricardo Fiúza, hoje há o “Painho” Lula. E seus filhos adotivos o idolatram por isso.Triste...

Como dizer a elas que o sonho acabou e que ainda não se aperceberam? Como?



   Vejo tudo isso com pesar, pois um país que enaltece figuras como o do ex presidente petista, não pode ter um visão muito racional de si mesmo. Quando muito uma visão míope,distorcida da realidade... 



   Pior é ver que a oposição, que já deveria ter se organizado e dado ao povo uma alternativa de poder há  anos,e mostrar que aprendeu com seus próprios(graves)erros,acaba patinando em suas próprias incompetências e seus escândalos mal explicados (o Cachoeiragate pegou em cheio o PSDB)
Até nisso o PT foi mais competente:inventou a ilusão de que tinha uma alternativa de poder e os trouxas acabaram acreditando...Está na hora dos tucanos se mobilizarem ou não terão a chance de chegar ao palácio do planalto novamente.o PT foi criativo ao inventar um pseudo trabalhador que dizia representar o povão. Tá na hora do PSDB  se tocar e inventar algo similar,ou corre o risco de definhar.Talvez um sociólogo,mas que desta vez “finja” se importar com o populacho,porque não?Afinal se deu certo pro PT...

   P.S,- Abaixo,o video em que Lula se desculpa pelo mensalão...Então, aconteceu mesmo o mensalão, né Lula?


    



2 comentários:

  1. Olá Marcelo, impecável seu texto.
    Eu também caí nessa de acreditar que o Lula era bonzinho, mas hoje ao ver tantas falcatruas envolvendo o Lula, me dá uma revolta e até vontade de nem votar mais...
    Mas o voto é a única arma que nós temos.
    Excelente texto, meus parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado querida.Sempre legal sua participação.Concordo com vc.Se a decepção tem um nome é Luis Inácio Lula da Silva.Um abraço

    ResponderExcluir