Follow by Email

domingo, 1 de julho de 2012

ASSIM CAMINHA A MUSICALIDADE...




   Em 2012, a banda que chacoalhou o século 20, completou 50 anos de sua formação clássica --Ringo Starr só entrou em 1962, substituindo Pete Best.




Passando por vários estilos,com uma sonoridade peculiar, contando com dois gênios absolutos e um relativo (e o Ringo?bom,o Ringo era o Ringo;e só), a banda marcou história. A música passou a ser 'antes dos Beatles e depois dos Beatles'. Em seus discos é possível encontrar sons que passam pelo psicodélico (i am a walrus), progressivo (revolution nº9),hard rock (helter skelter), músicas engajadas (revolution, eleonor rigby), baladas (here comes the sun,something), hinos históricos (let it be,hey jude,yesterday), hits imortais (i want to hold your hand,she loves you), entre tantos outros clássicos.

Foram precursores da chamada 'invasão britânica', abrindo o mercado americano para outras bandas do Reino Unido, como the Who, the Kinks, the Animals, etc; revolucionaram com seus sons criativos, serviram de inspiração para inúmeras bandas.



A parceria acabou em 1970 de maneira magistral,com o disco Let it Be (a versão original,sem coralzinho,crua foi lançada pela EMI há alguns anos;essa é a versão que valea pena curtir), mas também de maneira melancólica, devido ao desgaste entre seus integrantes por problemas extra-estúdio --tudo isso pode ser visto no documentário Let it Be. Os quatro rapazes de Liverpool influenciaram gerações, ditaram moda, criaram estilos, abalaram as estruturas da sociedade vigente, marcaram a história do rock e,conseguinte, da música como um todo.




Tudo isso faz com que os Beatles  sejam um dos grupos mais celebrados do século 20. Com merecimento, diga-se de passagem.



Nenhum comentário:

Postar um comentário