Follow by Email

domingo, 6 de janeiro de 2013

Tucanaram a Prostituição





   Prostituição não é crime. Muitas vezes a sociedade  faz vista grossa com as mulheres (e rapazes, também) que vendem o corpo nas esquinas da vida. Procura-se ignorar, até para não sobrecarregar a polícia que, claramente tem outras prioridades. Traduzindo, discrição é tudo. 

  Mas nos últimos anos uma nova vertente de "venda do corpo" apareceu. Pelo jeito, pra ficar.




  A catarinense Ingrid Migliorini, de 20 anos, conhecida como Catarina, leiloou a virgindade por US$ 780 mil, o equivalente a mais de R$ 1,5 milhão. Virou manchete mundo afora, fechou contrato com uma revista masculina e ainda se tornou "sex simbol". 

  A mídia adorou. A cobertura foi feita de forma a mostrar que se tratava de um 'leilão' e não um como realmente é : PROSTITUIÇÃO.






  O concurso foi promovido pelo site australiano 'Virgins Wanted', que também leiloou a virgindade de um rapaz russo. Foi um dos assuntos mais comentados dos últimos meses. Mas não parou por aí.

  A estudante Rebeca Bernardo Ribeiro, 18 anos, moradora da cidade de Sapeaçu, no Recôncavo baiano, decidiu retomar o leilão da própria virgindade. Um vídeo com o anúncio da venda foi publicado em 22 de novembro e suspensa quatro dias depois, quando a TV Band Bahia prometeu ajuda à garota e a sua mãe. Rebeca teria demonstrado frustração com a proposta da Band e afirmou que o leilão será reativado. (Fonte - Bahia Notícias.)



  (anúncio da emissora de TV que organizou o "leilão", anunciando o fim dos lances. Tal qual um produto, a expressão 'sold (vendido) mostra que agora os consumidores terão que esperar por outro "carregamento" da mercadoria).



 A moda pegou.

  Agora, a pergunta é : se fosse uma mulher que estivesse na esquina da Ipiranga com a São João, oferecendo o corpo em troca de 50 reais, o que diriam as pessoas? "É uma puta!" Mas na internet, ou em programas de televisão a conotação é diferente.

  Pra não deixar dúvidas : se é a troca consciente de favores sexuais por dinheiro, então é PROSTITUIÇÃO!

  A forma como a sociedade encara, ou a mídia manipula, não altera a essência do quase crime.



  Abaixo, o vídeo "de divulgação" da jovem de Sapeaçu, com direito à música  Naughty Girl", da cantora Beyoncé ("Garota safada", em tradução livre).




   Prostituição não é crime. O que cada um faz com seu corpo é algo pessoal. Mas há um princípio em direito (na faculdade se aprende esse tópico) que diz : "muitas coisas não são necessariamente ilegais; mas são profundamente imorais".

  Eu não conseguiria dizer melhor...


Leia também :

Assistente de palco morre durante cirurgia de lipoaspiração em clínica




Um comentário:

  1. http://www.youtube.com/watch?v=LPlbWbFtEFU
    sso é uma vergonha. Realmente é de dar nojo.
    É o fim da formação moral na família.
    Meu blog:http://bertiogamaisfeliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir