Follow by Email

domingo, 22 de janeiro de 2012

De quem é a vida afinal?

                      DICA DE FILME -

   Richard Dreyfuss é um grande ator. Mas no filme DE QUEM É A VIDA, AFINAL? (Whose life is it,anyway? - de 1981) ele se supera ao interpretar Ken Harrison, um escultor que sofre um acidente gravíssimo de carro e acaba tetraplégico. Sem movimentar nada além do pescoço para baixo, ele se dá conta que essa situação é permanente e, conseguinte, sua vida sofrerá um impacto profundo. Começa por refletir que seu trabalho acabou (esculpir, nunca mais); a relação com sua noiva também, pois ele não conseguirá manter uma relação plena com ela; que dependerá para o resto da vida de cuidados, e tudo isso é demais pra ele. Ken aciona seu advogado para exigir, nos tribunais,seu direito a 'morrer' em paz, alegando que sua condição é irreversível. É nessa hora que entra em cena o diretor do hospital Dr. Michael Emerson (John Cassavetes) tentando demovê-lo da ideia. O filme trata de um assunto pesado (ortotanásia) e questiona quem, efetivamente,tem poder sobre a vida de alguém, sem cair no pieguismo barato, comuns em filmes sobre temas relevantes.
Realizado,originalmente,para a televisão americana em 1981,o filme foi aclamado pela crítica,por abordar um tema sério de uma forma adulta(o diretor não toma partido nem do paciente,nem do hospital)e,principalmente,pela interpretação de Richard Dreyfuss,que encarna um personagem ímpar em sua carreira,numa brilhante interpretação.



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário