Follow by Email

terça-feira, 9 de julho de 2013

Estado Laico de Carteirinha






As recentes polêmicas envolvendo a laicidade do estado brasileiro escancaram erros e acertos do MP



O estado é laico. Isso é ponto pacífico. O poder público não havia se apercebido disso até a polêmica envolvendo a presença de crucifixos em tribunais no Rio Grande do Sul que, após a manifestação pública de entidades que representam os nãos cristãos, foram retirados.

Isso motivou o MP a continuar investigações similares pelo Brasil afora. Até que a polêmica chegou a Sorocaba (SP).




Na cidade paulista, o ‘totem’ intitulado “Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo” foi duramente criticado por ateus indignados com a inscrição. Com certa razão, afinal nem todos os sorocabanos são cristãos. Judeus, muçulmanos, budistas e ateístas também moram na localidade.

O Ministério Público questionou na justiça, com desdobramentos ainda em instâncias inferiores dos tribunais. Veja AQUI.

Mas como citou o colega blogueiro Rogério do blog BIGBLOG : “Mudança também dos nomes dos bairros Jd. Santa Bárbara, Pq. São Bento, Jd. São Guilherme, Jd. São Paulo, Santa Teresinha e demais bairros com nome de santos cristãos, pois ofendem os moradores de outras religiões!”.

É válida a manutenção do estado laico no Brasil, principalmente contra a ascensão dos fanáticos religiosos e sua malfadada bancada religiosa que tem mostrado um viés medieval em suas ações; mas é público e notório que a cidade de Sorocaba tem prioridades para que os promotores possam prestar atenção: transporte caro e sucateado, saúde pública de péssima qualidade e negligência por parte de alguns profissionais da área, além da defasagem nas creches e escolas municipais. A população carente agradece o empenho.


Leia também:


Senado deve aprovar Lei Geral das Religiões em maio



O Preconceito Continua a Fazer Vítimas





Nenhum comentário:

Postar um comentário