Follow by Email

domingo, 28 de julho de 2013

"Cabral, você abusou!"



de Josué Iñaki





A equipe que cuida da imagem do governador Sérgio Cabral entrou em pânico. Pesquisas que serão divulgadas esta semana apontam que o seu governo alcança o recorde negativo de quase 60% Ruim / Péssimo e apenas 8% de Bom / Ótimo. Partiram para o desespero e continuam insistindo, agora de maneira dissimulada, através de assessores, de que há o meu envolvimento nos protestos violentos contra Cabral e seu desgoverno. 


Alguém, ajuizado e de bom senso, precisa dizer ao governador que ele é vítima de si mesmo. Afinal, o que esperar diante da calamidade que é o seu governo. Querem ver só: 

1 - Comprovadamente superfaturou remédios, ambulâncias e UPAs na Saúde. Vocês se lembram do escândalo da TOESA? 

2 - O que falar de um governo, que comprovadamente aluga carros para a polícia por preços que dariam para comprar por ano duas viaturas novas? Na Bahia um edital idêntico ao do Rio gerou até cadeia. 

3 - O que esperar diante de um governo que além de fechar 50 escolas, aluga aparelhos de ar condicionado para as escolas a preços superfaturados? 

4 - Como explicar que os maiores concessionários do Estado são clientes do escritório de advocacia de Adriana Ancelmo, esposa do governador? 

5 - Como fazer o povo entender de onde veio o dinheiro para comprar as duas mansões em Mangaratiba e os dois apartamentos no Leblon? 

6 - Como pode querer que o povo aceite incentivos fiscais bilionários até para casas de massagens, cabeleireiro de sua esposa, e até mesmo, o luxuoso Hotel Fasano? 

7 - Como querer que o torcedor entenda que depois de gastar R$ 1,2 bilhão na reforma do Maracanã entregou o estádio de bandeja a seu amigo Eike Batista? 

8 - Como explicar ao povo da Região Serrana que apesar de ter recebido dinheiro do governo federal para fazer casas e pontes, o dinheiro sumiu, e é alvo de inquérito do Ministério Público Federal? 

9 - Como fazer entender o povo de Angra dos Reis, que até hoje as obras prometidas pelo Estado nas encostas da cidade não saíram do papel, mas a secretaria do Ambiente concedeu licença a Luciano Huck para construir uma mansão em área de preservação ambiental? 

10 - Como explicar que haja uma política de segurança séria, se em seis anos e meio de governo, nenhum presídio foi construído no estado. Onde foram colocados os marginais, traficantes presos pela polícia?

11 - Será que o povo consegue entender a presença do professor Júlio Lopes à frente da secretaria de Transportes? Acho que não. O que o povo vê são trens que não funcionam, barcas à deriva na Baía de Guanabara, metrô que pára toda a hora, e até o bonde de Santa Teresa que matou 6 pessoas. 

A lista de absurdos, improbidades, roubalheiras, desrespeito ao povo é interminável. Cabral procura arrumar culpados para os erros que ele cometeu. A crise só não estourou antes porque as Organizações Globo o blindaram, através de verbas milionárias que fazem falta hoje nos programas sociais do Estado. Cabral, filho de um crítico da MPB, deveria pedir ao pai a cópia da canção de Antonio Carlos e Jocafi: "Você abusou"."

Nenhum comentário:

Postar um comentário