Follow by Email

quarta-feira, 11 de abril de 2012

MORAL EM CONCORDATA
















O legado da família Sarney para o Maranhão é relegar o estado a um patamar compatível com muitos países africanos.

O Maranhão é o estado mais pobre da federação e a culpa da oligarquia Sarney é imensa. E mesmo assim, o ex presidente segue sendo um dos políticos mais influentes do Brasil. Ou o santo dele é muito forte ou o eleitor brasileiro (e a mídia também) já esgotou sua cota de erros homéricos.


no portal Terra: 08/01



Em meio à onda de violência que vem assolando o Maranhão por conta de episódios de brutalidade ocorridos dentro do presídio de Pedrinhas, o governo de Roseana Sarney realizou dois pregões para a compra de alimentos para as residências oficiais do governo, com valor estimado em mais de R$ 1 milhão. Entre os itens que constam no edital, estão R$ 54 mil a serem gastos com sorvetes, R$ 12 mil com a compra de picanha, R$ 71,1 mil com camarões e R$ 6,3 mil com lagosta.

O primeiro pregão para a compra dos alimentos teve um valor estimado é de R$ 617,5 mil. A segunda, um gasto de R$ 504,2 mil. O processo para compra dos gêneros alimentícios foi conduzido pela Casa Civil do governo do Maranhão. E suspenso poucos dias depois, devido ao desdobramento do caso. Bastou a imprensa divulgar para que a governadora suspendesse, momentaneamente o pregão. Momentaneamente.
Os itens foram divididos em quatro lotes.No primeiro deles, são especificados 84 itens de frutas e verduras, que totalizam R$ 75,1 mil.
No segundo lote, estão os 15 tipos de polpas e sorvetes, com um custo total de R$ 68,9 mil. No terceiro, aparecem iogurtes, lactobacilos vivos, queijos e outros gêneros de frios e alimentos processados, totalizando 32 itens, com um custo estimado em R$ 85 mil.

No quarto, as proteínas. São diferentes cortes de frango, carne vermelha, bacalhau “do porto de 1ª qualidade” (R$ 7,2 mil), quatro tipos diferentes de camarões, lagosta "fresca", salmão e outros tipos de peixes, com custo estimado em R$ 387,4 mil.


Tanto sua filha quanto o próprio Sarney tem se aproveitado da ignorância do povo para se manter no poder. Com a ajuda descarada da mídia, que mantém relações perniciosas com o senador (ele mesmo detentor de uma concessão pública, retransmissora da Globo no Maranhão), massificando a população, fazendo com que os reais problemas do estado não sejam mostrados ou discutidos. 

Não interessa ao sistema mexer com um coronel da velha guarda. Enquanto ele for útil ao sistema, continuará recebendo votos dos idiotas.


  A propósito: votar em José Sarney é quase um crime lesa-pátria.



Nenhum comentário:

Postar um comentário