Follow by Email

sábado, 28 de abril de 2012

PERGUNTAR NÃO OFENDE




Se os nazistas tiveram apoio de bancos americanos (durante a ascensão,e com diretores da pior estirpe,entre eles,o avô de George W. Bush), de petrolíferas americanas (propriedades de J.D.Rockefeller), apoio moral e logístico de empresa ianque (Henry Ford, que era antissemita declarado), e os cientistas alemães, responsáveis por inúmeras atrocidades, que foram acolhidos pelo governo americano, à época,em troca de seus conhecimentos científicos, na corrida armamentista e na corrida espacial contra os russos, então por que diabos os judeus tem uma amizade tão duradoura com os americanos e Israel é parceira estratégica dos EUA em várias frentes?




Amnésia seletiva ou a mais absoluta falta de opção? Ou silenciosa conveniência? Quem ganha e quem perde com tantos acordos espúrios serem mantidos até hoje em penumbra total?

Pra quem não sabe a operação "Clip de Papel" foi a maior jogada dos americanos pra vencer a chamada Guerra Fria contra os soviéticos. É apenas uma questão de lógica. Por que no julgamento de Nuremberg os principais cientistas nazistas não estavam no tribunal?


Muitos já estavam a caminho dos EUA, com um novo nome e uma polpuda remuneração em troca de seus conhecimentos científicos.

Ver as relações perigosas entre Israel e os Estados Unidos cheira mal e faz do governo israelense conivente com a maior atrocidade que o mjundo já viveu. Atrocidade essa que vitimou, em sua grande maioria, os próprios judeus. 

Uma pessoa racional e que entenda de geo-política diria que isso é um crime lesa-pátria. Mas uma pessoa assim seria tachada de antissemita, nos dias de hoje.




Nenhum comentário:

Postar um comentário