Follow by Email

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

POLITICAMENTE CORRETO INC.



Veiculado na Mídia de 01/02/12 : “A militância LGBT não tem gostado nem um pouco da letra do sucesso sertanejo ‘Bruto, Rústico e Sistemático’, da dupla João Carreiro e Capataz.”

OK.Os direitos de todos devem ser respeitados,afinal a Constituição não diz que todos os 'héteros' são iguais.Até aí,fácil de entender.O que começa a complicar é que qualquer coisa hoje pros ativistas da causa gay é uma afronta.Uma coisa é defender os direitos dos homossexuais,combater a homofobia(que só na região da Av. Paulista já fez várias vítimas,só pelo fato de duas pessoas do mesmo sexo andarem juntas),denunciar casos em que ocorram agressões,humilhações e que muitas vezes,infelizmente,acabam até em morte;e combater isso é necessário para chamar a atenção da opinião pública para as distorções na nossa sociedade. Mas fazer de uma canção,que prima pelo mal gosto e pela falta de talento da dupla(e esse é o único 'crime deles',a falta de talento,como tantas e tantas duplas sertanejas pelo Brasil afora)uma "batalha naval',denota apenas intolerância e mente tacanha das ONGs que encamparam a empreitada.Nas redes sociais,a rejeição a alegação da ONG ABCDS(Ação Brotar pela Cidadania e Diversidade Sexual),um dos braços da militância LGBT,é enorme.

Pouquíssimas pessoas fora do movimento gay,se dispuseram a defender tal medida.E isso causa uma rejeição maior ainda contra aqueles que deveriam lutar para que seus direitos sejam respeitados,e não para cercear cada música que fala,ainda que superficialmente,de uma visão limitada de muitos brasileiros,que é a de não simpatizar com o terceiro sexo,alegando que isso não faz a sua cabeça --no caso da dupla que interpreta a canção.Agindo dessa forma,a comunidade  gay acaba depondo contra si mesma,agredindo uma causa legítima,que é a tal da licença poética na hora de compor,e contra a liberdade de expressão.E,acredite,ouvi a música(fiz um sacrifício gigantesco)e a única coisa da qual se pode acusar a dupla é de terem sido reprovados no 'mata-burro do maternal'.Nada mais do que isso.Se os simpatizantes da causa gay começarem a criar caso toda vez que alguém discordar deles,então que não reclamem quando pessoas como Jair Bolsonaro irem  a público e destilarem seus impropérios contra os homossexuais e encontrarem eco na sociedade.Pois se até os que sofrem discriminação ferrenha,como os gays,tem preconceitos,imagine aqueles que vivem e lucram em disseminá-los?Ah,esses vão nadar de braçadas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário