Follow by Email

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

MORAL EM CONCORDATA


 
Nessa história absurda dos vândalos que deveriam ser policiais,o sr. Prisco, líder dos grevistas na Bahia,flagrado em escutas telefônicas incitando mais arruaça (queimar veículos em rodovias), e o cabo Benevenuto Daciolo, líder dos grevistas no Rio, preso assim que voltou do estado baiano,após ceder seu know-how aos colegas,não deveriam ser os únicos a pagar por atitudes incompatíveis com a função.A deputada estadual pelo PSOL,Janira Rocha,também pega nas escutas,ajudando a botar lenha na fogueira,deveria ser responsabilizada por seus atos levianos.

 
O fato de ser uma integrante da Assembleia,agrava ainda mais suas ações.Mas com sua imunidade parlamentar,já podemos imaginar que além de não ser responsabilizada pela ajuda aos grevistas,apoiando badernas (e,conseguinte,sendo conivente com todas as consequências da mesma,entre elas,assaltos,mortes,etc), é bem capaz de agora apoiar de viva voz a greve no Rio,sem se importar que no meio disso tudo está a população indefesa,vítima maior de uma greve inconstitucional,imoral e injusta para a sociedade.

Ninguém discute que policiais e bombeiros devam receber uma remuneração justa.Só não pode ser às custas de vidas inocentes,que esses benefícios deveriam ser conquistados.




Nenhum comentário:

Postar um comentário