Follow by Email

sábado, 11 de fevereiro de 2012

EM TEMPO...




Em tempo 1 –
 Do jeito que a coisa tá,provavelmente sem o carnaval na Bahia e no Rio,devido a greve dos policiais,é bem capaz do único lugar que terá a festa na íntegra,é São Paulo,justamente o 'túmulo do samba'.Vinícius de Moraes deve estar se revirando na cova,a essa hora.

Em tempo 2- 
Mulher com um carrinho de bebê é impedida de entrar em uma agência da Caixa Econômica Federal,em Sorocaba.O vigia disse que ela poderia largar o carrinho ali na porta,se quisesse entrar,mas que não poderia se responsabilizar pelo mesmo.Somente após chamar a polícia é que a mãe pode entrar com seu filho e com seu carrinho.A moça só pôde entrar no banco mediante companhia da policial militar. .Mesmo assim a gerente,com dedo em riste,ameaçou a equipe do SBT,por gravar tudo.Se isso fosse um fato isolado,vá lá.Mas em  se tratando de Caixa,isso não é  nem a ponta do iceberg.Péssimo atendimento,filas quilométricas,horas de espera para ser atendido,são apenas alguns dos inúmeros contratempos que os correntistas,e os que dependem dos serviços exclusivos(como o FGTS),acabam sofrendo.Resta saber se a presidência da instituição sabe disso tudo,se está tomando providências ou se é conivente com esse estado de coisas.Talvez se algum parente do presidente do banco tiver que passar por esse calvário,então teremos mudanças efetivas.

Em tempo 3 –
Como todo bom adepto da MPB,é evidente que é sempre salutar ouvir os clássicos que marcaram esse importante movimento.Revelou grandes nomes,grandes músicas e marca  gerações até hoje.É claro que eu estou falando  da Música Popular Britânica.

Originária da chamada invasão britânica ocasionada pelos Beatles nos anos 60,o movimento veio para ficar,entrou na década de 70 ainda impressionando o mundo com nomes maravilhosos e provou que o melhor rock era o da terra da Rainha Elizabeth.Nomes com Deep Purple,Queen,Led Zeppelin,Eric Clapton,Black Sabbath,dentre outros vieram pra ficar e para fazerem história,até hoje.Clássicos são sempre clássicos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário