Follow by Email

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Ulysses Guimarães Valia Mais que Lula e FHC Juntos.







 Foi um dos importantes heróis na redemocratização do Brasil e combate a Ditadura Militar. Era advogado e político, já foi deputado federal, ministro. Afiliou-se ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro juntamente com Orestes Quércia e Tancredo Neves, lançando o slogan “Diretas Já!”. 






  Foi candidato à presidência da república como forma de se contrapor ao Regime Militar, tendo como vice o jornalista e ex-governador de Pernambuco, Barbosa Lima Sobrinho, que viria mais tarde se tornar presidente da Associação Brasileira de Imprensa.

Em 1º de Fevereiro de 1987, tomou posse como presidente da Assembleia Nacional Constituinte, responsável por estabelecer nova Constituição democrática para o Brasil após 21 anos sob o regime militar.




 Os acervos do Conselho Nacional de Segurança, da Comissão Geral de Investigações (CGI) e do próprio Serviço Nacional de Informações (SNI), revelam que o então deputado Ulysses Guimarães foi alvo de investigação, mesmo no período de redemocratização do país, enquanto dirigia a Câmara e a Assembleia Constituinte e o PMDB. A avaliação registrada em 1987, afirmava que Ulysses poderia causar crise partidária entre os aliados.

Abandonado a própria sorte pelo PMDB, durante a campanha à presidente de 1989, Ulisses teve um desempenho fraco para alguém com seu estofo político. Mas o seu partido já não era mais o mesmo de quando foi fundado. Já estava se transformando no balaio de gatos que é hoje; um amontoado de vereadores, prefeitos, deputados, governadores e senadores casuístas que usam o passado da legenda para cacifar eleitoralmente.




Ulisses teria vergonha do balcão de negócios em que se transformou o partido que ajudou a fundar.

Apesar da vergonha nacional em ter José Sarney como presidente da República, o consolo era saber que Ulisses tinha mais poder, mais influência e respeito do que o vice de Tancredo.

Morreu em suspeito acidente aéreo de helicóptero, ao largo de Angra dos Reis em 12/10/1992. Sempre foi um inconformista e um líder nato. Lutou sempre por democracia e direitos civis. Foi o símbolo da luta contra os militares, em uma corajosa e perigosa façanha que poderia ter-lhe custado à vida. 




Ele, mais do que ninguém, merecia chegar ao cargo máximo do país. Em épocas de Collor, FHC, Lula e Dilma, Ulisses era uma joia rara. Depois dele, a política brasileira se apequenou.




Leia também: 





5 comentários:

  1. Marcelo,
    Ulisses viveu numa época em que tudo corria solto em baixo do pano ,
    Não sabemos de fato seus podres , mas certamente por tudo que fez pela política , o que foi visível , certamente esta acima de Lula ( o maior corrupto deste país ) , mas me permita discordar quanto ao FHC . Sua contribuição para o país certamente vai entrar para a história como o presidente que acabou com a inflação e criou uma moeda forte . Seu legado é o maior da história recente deste país .

    abs
    Francisco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, vocês FernadoHenriquettes...Tal qual fãs descontroladas de celebridades, nunca perdem a chance de vir a público e declarar seu amor incondicional ao FHC, assim com os Lulistas fazem o mesmo com seu ídolo. Não há comparações entre FH e Ulysses. Este último tem uma trajetória única na história do Brasil. Quanto ao "legado" de Fernando Henrique, todos nós conhecemos: compra de votos para a sua reeleição, escândalos nas privatizações, tráfico de influência, o Sivam , a Pasta Rosa,a fraude cambial, o esquema Sudam/Sudene, o esquema Proer/Marka,... Realmente um legado de fazer inveja...A Paulo Maluf, é claro.

      Excluir
    2. Se Fernando Henrique acabou com a inflação, então por que as taxas de juros estão sempre tão elevadas no Brasil, para se combater a alta da... inflação?!

      Que o Plano Real acabou com a hiperinflação é fato; ter acabado com a inflação, mas com essa ele não acabou mesmo! É tudo artificialmente mantido pelo controle do consumo da população via política monetária do Banco Central.

      Abaixem os juros a níveis internacionais e vejam o que acontece!

      Excluir
  2. Mais um politico honesto e humilde expulso de partidos que se esvaziaram de sentido.., Como diz sabiamente o historiador e filósofo humanista Leandro Kamal: exaltam um passado que nunca existiu ( PSDB e PMDB ) e outros um futuro improvável ( PT )
    abraços!

    ResponderExcluir
  3. Esses dias vi no canal Curta (91 da Vivo TV, antiga TVA) um documentário sobre ele. Homem honesto, digno, honrado, verdadeiro patriota. Chorei de saudades. Dele, de mim mesmo e do país que perdemos.

    ResponderExcluir