Follow by Email

quinta-feira, 1 de março de 2012

TV SEM ASSINATURA



  No "maravilhoso" mundo da tv por assinatura/internet,os assinantes estão nas mãos de péssimos profissionais que administram o setor como se fosse uma empresa de fundo de quintal.

   Sem a menor ética e respeito pelo consumidor,NET,TELEFÔNICA e SKY,as  companhias que,juntas detém mais de 80% do setor,pintam e bordam a bel prazer e com a anuência da ANATEL,a agência reguladora que deveria proteger os interesses dos clientes ao invés das empresas,mas que acaba dando aval aos desmandos e irregularidades cometidas por essas "gigantes" do setor.

   Do momento da venda, à instalação do serviço contratado (as vezes,terceirizado), passando pelo atendimento ao cliente,quase tudo é precário e sem o menor respeito pelo consumidor.


   Com o ingresso das classes C e D na economia,com o mercado em ascensão (depois de vários anos operando quase no vermelho) estas companhias parecem não conseguir acompanhar a necessidade do mercado e tratando o segmento como se fosse um feudo e seus eventuais assinantes,como pessoas que tem a honra de receber seus serviços;quando deveria ser o inverso.

   Mas,em um setor em que o monopólio também impera (assim como no segmento da TV aberta), não há muitas pessoas no governo com vontade política pra mexer nas regras das coisas (que claramente defendem as empresas), para um caminho mais justo --que priorize  os que de direito mereçam: os clientes.

   Com a complacência da ANATEL,NET,TELEFÔNICA  e SKY continuarão a oferecer serviços de baixíssima categoria,atendimento inócuo e suporte capenga. Nessas horas até nossos 'hermanos' tem serviços melhores e mais baratos do que nós. E a pergunta que não  quer calar é: adianta ser a 6ª economia do mundo e ter empresas que oferecem serviços de qualidade duvidosa, como se fôssemos um país subdesenvolvido?






Nenhum comentário:

Postar um comentário