Follow by Email

quinta-feira, 28 de junho de 2012

A resposta do diretor da JP Morgan Investimentos para uma garota bonita procurando marido rico




Ela postou a seguinte mensagem em um fórum popular direcionada a ele:

O que devo fazer para casar com um cara rico? E prosseguiu:
...
“Eu fiz 25 anos neste ano. Sou muito bonita, tenho estilo e bom gosto. Quero casar com um cara com salário anual igual ou superior a 500 mil dólares.

Você poderia dizer que eu sou gananciosa, mas um salário anual de U$ 1 milhão é considerado apenas como classe média em Nova York.

Creio que minha exigência não é alta. O que devo fazer para me casar com pessoas ricas como você?

Entre aqueles que eu já namorei, os mais ricos tinham U$ 250 mil dólares de renda anual e parece que este foi o meu limite.




Eu estou aqui humildemente para fazer algumas perguntas:

1) Onde solteiros mais ricos saem? (Por favor, liste os nomes e endereços de bares, restaurante, academias)
2) Qual faixa etária devo segmentar?
3) Por que a maioria das esposas são apenas de aparência mediana? Eu conheci algumas garotas que não têm aparência e não são interessantes, mas elas conseguiram se casar com homens ricos.
4) Como você decide quem pode ser sua esposa e quem só pode ser a sua namorada? (Minha meta agora é casar)

Ms. Linda Pretty,

A resposta filosófica do CEO do Morgan J.P:

Prezada Sra. Pretty,

Eu li o seu post com grande interesse. Acho que há muitas garotas por aí que têm perguntas semelhantes a sua. Por favor, me permita analisar sua situação como um investidor profissional, minha profissão, em que acumulo décadas de experiência.

Minha renda anual é superior a U$ 500 mil, atendendo às suas necessidades, por isso espero que todo mundo acredite que eu não estou perdendo tempo aqui.

Do ponto de vista de uma pessoa de negócios, é uma má, ou melhor, péssima decisão casar com você. A resposta é muito simples, então, deixe-me explicar.

Coloque todos os detalhes de lado, basicamente, o que você está tentando fazer é uma troca de "beleza" por "dinheiro": a pessoa A proporciona beleza e a pessoa B paga por isso, justo e acordado, mesmo que subjetivamente.

No entanto, há um problema mortal aqui: sua beleza vai desaparecer, mas meu dinheiro não terá partido sem nenhuma boa razão. O fato é que minha renda poderia aumentar de ano para ano, mas você não pode ser mais bonita ano após ano. A não ser artificialmente, o que, de modo geral, é bem menos interessante.

Assim, do ponto de vista da economia, eu sou um ativo de apreciação, e você é um ativo de depreciação. Não é apenas uma depreciação normal, mas a depreciação exponencial. Se for esse o seu único trunfo, o seu valor será muito pior, 10 anos depois.

Pelos termos que usamos em Wall Street, cada fator comercial tem uma posição, namorar com você também seria uma "posição de negociação".

Se o valor comercial caiu, vamos vendê-lo e não é uma boa idéia mantê-lo por longo prazo – o mesmo se passa com o casamento que você queria. Pode ser cruel dizer isto, mas para tomar uma sábia decisão, todos os ativos com grande valor de depreciação terão de ser vendidos ou "locados".

Qualquer pessoa com mais de U$ 500 mil dólares de renda anual não é um tolo, nós queremos namorar você, mas não vamos casar com você. Eu aconselharia que você esquecesse, sua busca/peregrinação olhando apenas para todos os indícios/locais de como/porque se casar com um cara rico. E pelo jeito, você poderia fazer a si mesma uma pessoa rica, independentemente dos U$ 500 mil anuais. Creio que suas chances seriam melhores do que encontrar um marido rico, porém, insensato.

Espero que essa resposta ajude você e a todas as moças com dúvidas similares.



Nenhum comentário:

Postar um comentário