Follow by Email

segunda-feira, 25 de junho de 2012

ASSIM CAMINHA A HUMANIDADE PARTE 2



























Não que se importar com os animais seja superfulo.Muito pelo contrário.Mas há um determinado tipo de ser humano que tem um tipo de obsessão por animais que transcende o amor ao próximo.Muitos chegam até a preferir o contato dos seus mascotes do que com pessoas.Complicado...Até porque,muitos destes admirados incontestes de bichinhos de estimação acabam por direcionar suas carências e necessidades de carinho e atenção nos seus animais.Chegam ao cúmulo de levá-los a qualquer lugar,inclusive onde se consome e/ou vende produtos alimentícios(portaria 326 da Anvisa),mostrando quão ridícula pode ser esta paixão.Gostar de seu animal de estimação é algo admirável e digno de louvor.Mas quando o ser humano prefere a companhia de uma outra espécie,em detrimento a sua própria,algo está muito errado com a sociedade.


2 comentários:

  1. Então Marcelo, ao ler seu texto, lembrei-me de uma tia que eu tenho.
    Ela tem uma cachorra, que cuida como se fosse uma criança.
    Outro dia fui visitá-la e ela estava preparando um belo prato de bife de carne com macarrão, pensei até que estava preparando o jantar, quando ela me disse que era pra cachorrinha dela, fiquei tão indignada, que me deu revolta.
    Conheci uma senhora que estava comprando uma peça inteira de queijo minas dizendo que era pro gato, porque ele só come queijo e carne.
    Muito me entristece pessoas assim, eu adoro animais, até adotei uns 2 mas tudo no seu limite.Penso que em muitos orfanatos e asilos tem gente precisando de ajuda e essas pessoas comprando do bom e do melhor para cães e gatos.
    O ser humano é realmente um ser muito egoísta.

    ResponderExcluir
  2. Olá Claudia,estes exemplos que vc citou são aqueles a que me refiro e condeno,pois mostram desvio de intenção (de gostar de animais) ao preferir bichos ao invés de seres humanos.Muitos estão tão decepcionados com as pessoas que se voltam para os animais como uma opção viável,achando que a chance de se sentirem traídas e/ou decepcionadas diminuíra.Estes excessos é que são condeáveis.Um abraço

    ResponderExcluir