Follow by Email

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

A PORTA VOZ DOS REACIONÁRIOS



Mais uma vez a “jornalista” Rachel Sheherazade veio a público destilar suas limitações e sua visão tacanha de mundo. Em uma entrevista a um jornal de SP ela legitimou o que as pessoas racionais já sabiam: seu perfil é de direita e medieval.




O Uruguai virou sócio dos traficantes ao regulamentar o comércio da maconha”.
 Um presidente resolve combater de frente o problema e tem elo com o tráfico. Estranho...E o que têm feito os governantes de outros países? Nada, seria a palavra mais condizente com a realidade.

 Foi justamente a violência, o caos urbano que forçou o consumidor a abandonar o comércio de rua, as praças públicas, os cinemas, teatros, restaurantes e migrar para espaços fechados e vigiados. Mas até esse espaço foi violado.O que fazer? Fechar os olhos? Fingir que não há perigo nos “rolezinhos”, como fizeram os shoppings para ofuscar a propaganda negativa? Devemos defender o direito dos arruaceiros de se reunir em locais privados, sem prévia autorização, tumultuando a ordem pública, espalhando o medo, afastando as famílias, intimidando os frequentadores? Ou só vamos tomar providência quando os arrastões migrarem das periferias para os shoppings de luxo? 

 Pode-se dizer tudo sobre ela, mas Rachel nunca teve medo de mostrar sua ignorância em público. Essa “coragem” até arregimenta fãs na direita mais rancorosa desse país, mas mostra que certas pessoas caminham na contramão da evolução.



Nunca quis sair da minha cidade, não preciso sair da minha região para me realizar”
E ainda assim, Sheherazade é mais uma retirante a tentar a sorte na cidade grande. Que ironia...

“Ele (Marco Feliciano) sofre perseguição religiosa”
Certas pessoas tem dificuldades em compreender as coisas. Mas explicando de uma maneira que até a Rachel entenda, Feliciano NÃO sofre discriminação religiosa, mas sim intelectual. Ele destila ódio, intolerância, professa a má-fé como meio de vida. Não há religiosidade aí; apenas o desvio de caráter. Um homem mais sábio ensinou “amai ao PRÓXIMO como a ti mesmo” e “não julgueis para não serdes julgado”. Feliciano, ao se colocar contra os homossexuais e os persegui-los seja no Congresso, ou em seu púlpito particular, usando dinheiro público para seus autos de fé hitlerianos, vai na contramão dos preceitos cristãos. E a pseudojornalista, sua porta-voz incondicional, vê sua parca credibilidade se desgastar ainda mais.


A mesma apresentadora do Jornal do SBT já enfatizou que os defensores do estado laico perseguem os que defendem valores cristãos. Sério? Por séculos os que optam pela racionalidade são brutalizados pelos séquitos do cristianismo. Fogueiras, torturas, espólios, perseguições foram a tônica dos que professam "amor" ao próximo. Disse ela, certa vez:
o cristianismo é uma escolha racionale mais, e que a intolerância religiosa é inadmissível nesse país...”Mais ignorância, impossível.



Ele (Reinaldo Azevedo) é um fofo, me defendeu na história do Lula”
Qualquer ser humano normal, dono de suas faculdades mentais, reprova as ignomínias proferidas pelo bobo da corte do tucanato, Reinaldo Azevedo; que além de trabalhar na pior revista do Brasil, faz uns frilas para o jornal que apoiou descaradamente a ditadura nesse país, inclusive com infraestrutura e logística, a Folha de SP. Elogiá-lo em público reflete bem o perfil ideológico de Sheherazade: retrógrado, reacionário e desprovido de inteligência. 



Leia também:

A Rainha da Hipocrisia



Talvez  algo de bom tenha vindo das polêmicas envolvendo seu nome. Rachel tem, gradativamente, se afastado das redes sociais. Se antes, as mesmas plataformas a levaram ao "estrelato", agora a rejeição é a tônica dos comentários. E aumentou exponecialmente. 
Ela mantém sua página oficial no Facebook, um canal no Youtube e seu blog pessoasl que apenas divulgam suas baboseiras travestidas de comentários sérios. Mas evita ampliar essa exposição, sabendo dos riscos de ser achincalhada em praça pública.

Seus devaneios jornalísticos, seus delírios de uma sociedade ultraconservadora, nos moldes da Idade Média não estão vingando. O jeito é continuar balbuciando distorção. 





http://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2014/01/1395975-rachel-sheherazade-do-sbt-diz-que-se-decepcionou-apos-votar-em-lula.shtml



Nenhum comentário:

Postar um comentário