Follow by Email

domingo, 30 de julho de 2017

Dilma e Lula não têm culpa?




O cara foi colocado pela Dilma na presidência do Banco do Brasil.
Com a incumbência de moralizar o banco estatal.
Que deu uma grana mal explicada para a mal explicada Val Machiori.
Como presente ganhou de Dilma a incumbência de moralizar a Petrobras.
Que tinha sido presidida pela amiga de Dilma, Graça Foster.
Que tinha recebido de Dilma a incumbência de moralizar a Petrobras.
Que tinha sido presidida por Sergio Gabrielli, petista de primeira hora e amigo de Lula.
E que tinha como colega de Petrobras, como presidente do Conselho de Administração, outra amiga de Lula: Dilma Roussef.
Que tinha a incumbência de moralizar a Administração da Petrobras.
E que comprou Pasadena.



Porque foi enganada por um "relatório falho" de Cerveró.
Que estava lá na Petrobras repassando dinheiro para políticos do PT.
E que tem um filho que gravou uma conversa com Delcídio que prometeu ajuda para o pai aproveitar um dia de indulto e fugir da cadeia.
Que era uma operação, segundo Delcídio, que tinha o apoio de Lula.
Que estava com medo de ser delatado.
Que disse que Delcídio nunca havia sido um grande quadro do PT.



Que nunca teve intimidade com ele.
Assim como nunca teve intimidade com Renato Duque, amigo de Cerveró.
Que, como ele, confessou participar do esquema da Petrobras.
E que Lula encontrou, sem nenhuma intimidade, no hangar de uma empresa de jatinhos particulares.
Que apenas queria perguntar se ele não tinha dinheiro fora do país.
Que disse que não e Lula ficou muito satisfeito com a resposta da pessoa.
Que não tinha nenhuma intimidade com ele.
Que nem o Delcídio.
Que sabe-se lá porque era o líder do Partido no Senado Federal, mesmo sem ter intimidade com Lula ou com Dilma.
Que não sabiam de nada.
Não podiam saber.
Que o cara levava grana no Banco do Brasil.
Que continuou levando na Petrobras.
Dilma e Lula não têm culpa.
Ô gente azarada e com dedo podre para fazer amigos.

Parecem a Val Machiori.


Nenhum comentário:

Postar um comentário